Negr@s

COPA DO MUNDO E RACISMO

Fernandinho é crucificado nas redes sociais e vira alvo de racismo

Após a eliminação da seleção brasileira da Copa do Mundo, o volante Fernandinho, autor de um gol contra, se tornou alvo preferencial de hostilidades por parte da torcida, que incluíram inúmeros comentários racistas e ameaças a sua familia. Não bastassem as abomináveisnáveis demonstrações de machismo da torcida brasileira na Rússia, novamente muitos torcedores dão mostras de que não merecíamos o hexa.

sábado 7 de julho| Edição do dia

Com a eliminação da seleção brasileira na partida de ontem diante da Bélgica, se deu início a típica eleição do culpado principal pela derrota. O volante Fernandinho, autor do gol contra que deixou a seleção em desvantagem, passou a ser crucificado nas redes sociais, também Gabriel Jesus, atacante que acabou passando em branco durante o torneio.

Numa expressão do racismo enraizado na sociedade brasileira, parte das hostilidades se direcionaram a cor da pele dos atletas e em comparações com macacos.

As atuações abaixo da média dos jogadores em nada justificam os ataques de que vem sendo alvos, muito menos a onda de racismo que se expressou.

Da mesma forma que as seleções europeias expõe sua xenofobia hipócrita em momentos de derrota, atacando por suas origens os mesmos jogadores que são reivindicados em épocas de vitória, esses comentários racistas escancaram o racismo enraizado na sociedade brasileira de prontidão para utilizar a cor da pele de um atleta para desqualifica-lo.

Nenhuma novidade no caso, assim como o goleiro Barbosa, responsabilizado pela derrota do Brasil na final de 50 em casa, que também foi alvo de muita hostilidade após o fracasso, e com os mesmos insultos a sua cor de pele.

Assim como muitos torcedores repudiaram os insultos e o racismo aos jogadores, nós do Esquerda Diario manifestamos nosso repúdio a tal comportamento da torcida.




Tópicos relacionados

Copa do Mundo   /    Futebol   /    Negr@s

Comentários

Comentar