Mundo Operário

ACIDENTE

Explosão em unidade da Vale em Cubatão expõe trabalhadores a gases tóxicos

Uma explosão na Vale Fertilizante gerou vazamento de nitrato de amônio e ácido sulfúrico na atmosfera, produtos considerados altamente tóxicos.

quinta-feira 5 de janeiro| Edição do dia

Reproduzimos nota do Sindicato dos Petroleiros do Litoral Paulista

EXPLOSÃO NA VALE FERTILIZANTE EXPÕE TRABALHADORES A GASES TÓXICOS EM CUBATÃO

Uma explosão na Vale Fertilizante, antiga Ultrafertil, na tarde desta quinta-feira (5), por volta das 15h20, expôs mais uma vez a fragilidade do Plano de Auxílio Mútuo de Cubatão (PAM) e a falta de preparo da emergência da refinaria, que até o momento mantém o turno dentro da unidade. A gerência da RPBC mandou evacuar o CEAD, encaminhando os trabalhadores do administrativo para o ponto de encontro, mas os demais funcionários da área da refinaria continuam sob o risco da fumaça. Os diretores do sindicato estão em contato com a gerência da unidade, cobrando a retirada dos trabalhadores do local.

Informações iniciais apontam que a explosão foi no armazém de nitrato de amônio. O Corpo de Bombeiros confirmou o vazamento de nitrato de amônio e ácido sulfúrico na atmosfera, produtos considerados altamente tóxicos. O Nitrato de amônio é matéria prima para explosivos. Por sorte o vento afastou a nuvem para longe da unidade. Caso ocorresse o contrário, os trabalhadores estariam com sérios problemas.

Os funcionários da Vale foram retirados do local. Não há até o momento informações de feridos. Moradores do entorno da indústria também foram retirados de suas casas por precaução. O produto pode causar ardência nos olhos e irritação na garganta. É importante se manter afastado da área da explosão. A emergência ainda não foi controlada, duas viaturas da RPBC dão apoio ao PAM. O SMS da companhia está monitorando a situação na área leste.




Tópicos relacionados

Mundo Operário

Comentários

Comentar