Educação

USP

Estudantes de Artes Cênicas aprovam paralisação contra falta de professores e reforma curricular

Contra a falta de professores, a precarização do curso e a reforma curricular, estudantes de Artes Cênicas aprovam paralisação nessa sexta

sexta-feira 25 de agosto| Edição do dia

Em assembleia ocorrida, na ultima quarta-feira, estudantes de artes cênicas, atenderam ao chamado da assembleia de estudantes da FEUSP e aprovaram paralisar suas atividades contra a reforma curricular do CEE e a extrema precarização pela qual vem passando o curso. Para se ter uma ideia esse que é um dos cursos mais concorridos da universidade de São Paulo no temido vestibular da FUVEST, passa por um momento de indecisão. O curso de licenciatura conta apenas com uma única professora, que devido a problemas de ordem pessoal e tem tido dificuldades para conseguir ministrar as aulas. Ainda que a reitoria tenha aberto uma exceção ao congelamento de contratações e abriu edital para um novo professor. A situação é muito delicada e indefinida, pois a falta de professores é tão grave, que nem dá pra saber quais os efeitos práticos poderia ter a mudança do currículo. Um dos medos dos alunos é que a universidade deixe de abrir vagas e acabe fechando a licenciatura em Artes Cênicas.

Por esse motivo os estudantes decidiram transformar essa sexta-feira num dia de mobilização e debate sobre os problemas que estão enfrentando, se apoiando no fato de que não paralisarão sozinhos, já que os estudantes da FEUSP também se mobilizarão nessa sexta. Infelizmente o Centro Acadêmico da ECA (CALC) e o DCE pouco tem feito para conseguir promover o debate e a organização dessa importante luta. Desde a gestão do Centro Acadêmico Professor Paulo Freira e da juventude Faísca – Anticapitalista e Revolucionária, nos colocamos a disposição para construir junto com esses estudantes uma ampla discussão onde possamos pensar medidas unitárias para lutar contra a precarização do curso, a falta de professores e esse grande ataque que é a reforma curricular.




Tópicos relacionados

Reforma Curricular CEE   /    Educação   /    USP   /    Juventude

Comentários

Comentar