Juventude

SOLIDARIEDADE À GREVE NA GM

Estudantes da Unicamp se solidarizam com trabalhadores da GM em greve

Os trabalhadores da GM de São José dos Campos estão em greve contra demissões arbitrárias da empresa. Com o mote “Nenhuma família na rua!” os estudantes de Ciências Sociais e História da Unicamp, organizados a partir do centro acadêmico, tiram fotos em solidariedade e coletam fundo de greve para os trabalhadores em luta.

sexta-feira 14 de agosto de 2015| Edição do dia

Abaixo reproduzimos a nota divulgada pela entidade estudantil:

"Solidariedade axs operárixs da GM São José dos Campos

Colegas, funcionários e professores,

Nós estudantes de Ciências Sociais e História, membros do Centro Acadêmico de Ciências Humanas, expressamos nossa solidariedade aos metalúrgicos da GM de São José dos Campos, que ontem (11) votaram, por unanimidade, a continuação de sua greve, contra as centenas de demissões arbitrárias que têm ocorrido nos últimos dias. Queremos, cada vez mais, fortalecer a aliança operário-estudantil e declarar todo o nosso apoio aos lutadores da GM, que não vão aceitar que a crise econômica seja descarregada pelas empresas e pelos governos nas costas dos trabalhadores! Não vão aceitar os assédios por parte da patronal ou os telegramas e as mensagens de WhatsApp informando suas demissões! E, acima de tudo, não vão aceitar que o lucro dos patrões aumente, enquanto centenas de pessoas são postas na rua! Queremos saudar a combatividade desses trabalhadores e estaremos lado a lado, na defesa de seus empregos!

Para ajudar objetivamente estaremos passando nas salas para informar e pedir a solidariedade dos estudantes e professores que possam colaborar financeiramente com fundo de greve para os trabalhadores e também tirar fotos em seu apoio. Contamos com a participação de todxs!

Gestão "Fantasma da Liberdade" - CACH 2015"

Os trabalhadores da GM de São José dos Campos mostram disposição de luta para enfrentar as demissões, enquanto a burocracia sindical tenta enfiar a redução de jornada com redução salarial com o PPE goela abaixo. É fundamental que a juventude e também as demais categorias de trabalhadores impulsionadas pela CSP-Conlutas e pela esquerda, construam uma forte campanha nacional pela vitória da greve dos trabalhadores da GM, que pode ser decisiva para fortalecer uma via independente dos trabalhadores e da juventude frente ao momento de polarização politica que vivemos.




Tópicos relacionados

Pacote de ajustes   /    Campinas   /    Juventude

Comentários

Comentar