Educação

FIES PUC-CAMPINAS

Estudantes da PUC-Campinas barram cancelamento do FIES

quarta-feira 29 de abril de 2015| Edição do dia

Depois de uma ampla mobilização os estudantes da PUC-Campinas receberam ontem (28), em nota oficial da instituição, a informação de que a PUC manterá o contrato com o FIES que permite o financiamento sobre o máximo de 6,4% de aumento na mensalidade, e que o restante dos cerca de 3% poderá ser pago pelos alunos diretamente à instituição.

Essa é uma conquista dos 500 estudantes que agora terão a possibilidade de se manter na universidade. Em assembleia depois do ato combativo de ontem os estudantes colocaram a importância de questionar o elitismo da PUC e como momentos de crises como essas escancaram esse problema. Abaixo, uma entrevista com estudante da PUC.

Na prática a PUC seguirá garantindo seu aumento de mais de 9% nas mensalidades e seus grandes rendimentos, tratando a educação como mercadoria. Nesse sentido é apenas o começo da luta do Movimento Estudantil da PUC para que a educação não seja um privilégio, mas um direito. A luta pela redução das mensalidades ligada à necessidade da estatização de todo o ensino privado e o fim do vestibular é fundamental para a real democratização do acesso à universidade.




Tópicos relacionados

FIES   /    Educação   /    Campinas

Comentários

Comentar