Teoria

CONFERÊNCIA SOBRE TRUMP

Esquerda Diário organiza a conferência “Trump e o Mal-estar no neoliberalismo" em Campina Grande

A Rede Internacional de Jornais Esquerda Diário na Paraíba convida todos e todas para a conferência "Trump e o Mal-estar no neoliberalismo” que será ministrada por André Augusto Acier (Unicamp/ Esquerda Diário) e será realizada nesta terça-feira, 14 de fevereiro, em Campina Grande (PB), na Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), será na sala 15 do Centro de Humanidades ás 14 hs.

Shimenny Wanderley

Campina Grande

segunda-feira 13 de fevereiro de 2017| Edição do dia

Em sua conferência André irá destacar pontos importantes como: as causas do triunfo do Trump, a influência europeia do Brexit; discutirá o conceito "crise orgânica" de Gramsci; a responsabilidade do partido Democrata pelo avanço da ala extrema direita dos Republicanos; as possíveis mudanças econômicas geopolíticas no mundo; a discussão de estratégia com o neoreformismo Syriza e Podemos e a necessidade da centralidade da classe trabalhadora e de uma estratégia anticapitalista e revolucionária para enfrentar o imperialismo na América Latina.

Donald Trump é o novo chefe do imperialismo após ser eleito como presidente dos Estados Unidos, a principal potência imperialista do mundo. O triunfo de Trump implica em mudanças nos rumos da política estadunidense, que por sua vez, gera implicações e consequências em outros países. No dia de sua posse houveram protestos de vários setores, mobilizações e manifestações de rechaço por todo o país e até no México, e no dia seguinte houve a Marcha de mulheres, tendo em vista que Trump é uma expressão do que há de mais machista. A marcha de mulheres reivindicou, centralmente, a defesa dos direitos das mulheres, direito ao aborto, o fim da discriminação e do ódio racista e homofóbico e o fim da brutalidade policial. Também exigiu a igualdade salarial e defendeu os direitos da comunidade LGBT, entre outras demandas. Expressando muitas das demandas presentes nos movimentos sociais nos últimos anos.

Em menos de um mês no poder Trump aumentou a tensão com a China, desrespeitou a OTAN, se enfrentou com a Alemanha, segue com a ideia fixa de construir de um muro separando os EUA do México, que deportaria milhões de imigrantes sem documentos e segue com suas declarações e políticas xenófobas, racistas e misóginas. Diante desse contexto, teremos uma excelente oportunidade para debater essa temática a partir de uma visão ofensiva do marxismo.

Desde Esquerda Diário nos interessa realizar estas atividades político-acadêmicas e de propaganda onde possamos desenvolver nossas ideias tendo acesso a um público maior, para que nossa visão ofensiva do marxismo permita ganhar novas vozes na luta anticapitalista. Se mostra também como uma forma de dar visibilidade à proposta do Esquerda Diário diante dos ataques que atingem diretamente a classe trabalhadora, as mulheres e as comunidades afro-americanas e latinas neste país, para uma intervenção estratégica na luta de classes.

Desta forma retomamos em 2017 iniciativas como as do ano passado no nordeste, onde por exemplo, entre várias outras atividades, Diana Assunção (fundadora do Grupo de Mulheres Pão e Rosas no Brasil, faz parte do staff da Rede Internacional Esquerda Diário e dirigente do Movimento Revolucionário dos Trabalhadores) realizou uma excelente conferência sobre Marxismo e Feminismo, veja o vídeo na íntegra.

Nós do Esquerda Diário, convidamos a toda comunidade acadêmica e aqueles que tenham interesse em participar, pois será aberto ao público em geral, será uma ótima oportunidade para participar de um debate político central, atual e necessário.




Tópicos relacionados

Donald Trump   /    Campina Grande   /    Teoria

Comentários

Comentar