Política

CAMPINAS

Empresa doadora da campanha de Jonas é isenta 1,3 milhões de IPTU

Jonas Donizette (PSB-SP), prefeito de Campinas, concedeu isenção de R$ 1,3 milhões para a empresa AGV.

quinta-feira 13 de setembro| Edição do dia

Nesta quarta, 12, uma ação popular foi protocolada pela Câmara de Vereadores e aguarda retorno do Ministério Público porque no contrato para instalação do Arquivo Municipal a prefeitura concedeu cerca de 1,3 milhões de isenção relativa ao IPTU para a empresa AGV Campinas. Além da isenção milionária contrastar com a cobrança abusiva do IPTU feita contra a população no início do ano de 2018, também chama a atenção que a empresa beneficiada é a mesma que doou R$150 mil para a campanha do prefeito Jonas Donizette (PSB) e que a isenção corresponde à totalidade de um terreno do qual menos de 1,5% será utilizado pela prefeitura.

O contrato entre a prefeitura de Campinas e a AGV, empresa de loteamentos, é de 2017. Neste a empresa cede um de seus imóveis para a instalação do Arquivo Municipal. O imóvel em questão tem área de 1.270 m² e fica no Swiss Park, região nobre da cidade, num terreno de 85.865 m². Como contrapartida a prefeitura ofereceu a isenção do IPTU e taxa de lixo, mas referente à área total do terreno, enquanto o Arquivo utilizará menos de 1,5% do espaço. Um benefício que é dado à uma empresa milionária, que inclusive deve mais de 20 milhões de IPTU não pago, enquanto os trabalhadores e população campineira foi obrigado a pagar valores abusivos com o aumento da taxa deste ano. Uma realidade revoltante para todos que tiveram que arcar com o tarifaço da prefeitura, não só no IPTU, mas também nas passagens de ônibus e na conta de água.

E o favor concedido à empresa milionária fica ainda mais escancarado porque esta é doadora de nada menos que 150 mil reais à campanha de reeleição de Jonas Donizette. O prefeito que ganhou no primeiro turno com uma campanha cheia de promessas falsas à população, não tardou a impor seus ataques aos servidores, trabalhadores da cidade e população pobre com as altas tarifas, os atrasos e parcelamento de salários, além da precarização profunda na área da saúde, onde a vida da população que depende do SUS está sendo tirada aos poucos por conta do grande escândalo de corrupção que envolve outras empresas beneficiárias, altos funcionários e até o monopólio de comunicações da cidade, a RAC, além do próprio Jonas, que está sendo investigado.




Tópicos relacionados

PSB   /    Jonas Donizette (PSB)   /    Dívida pública   /    Campinas   /    Política

Comentários

Comentar