Cultura

LIBERTEM RAFAEL BRAGA

Emicida e Rincon Sapiência pedem Liberdade para Rafael Braga em festival em São Paulo

No último sábado, 12, aconteceu em São Paulo o Coala Festival 2017, que contou com diversas bandas e alguns artistas exigiram a liberdade para Rafael Braga Vieira.

segunda-feira 14 de agosto| Edição do dia

Neste sábado aconteceu em São Paulo o Coala Festival 2017, que contou com diversos artistas como Liniker e os Caramelows, Tulipa Ruiz, Aíla, além da atração principal Caetano Veloso. Entre eles, Emicida marcou presença e, antes mesmo de entrar no palco, anunciou o início de seu show com um letreiro gigante que ficou acima do palco o show todo com os dizeres "Liberdade para Rafael Braga". Assim como Emicida, Rincon Sapiência também entrou no palco com uma placa na bateria com o mesmo conteúdo e denunciou o fato dele ainda estar preso, chamando atenção para o racismo presente nas instituições brasileiras.

Rafael Braga é negro, morador de rua no Rio de Janeiro e está preso desde 2013 por ser acusado de portar Pinho Sol em meio as manifestações de junho, que segundo a polícia é altamente explosivo e serviria para fazer bombas caseiras. Mentira Completa! Depois de libertado, Rafael Braga foi preso novamente por um falso flagrante de posse de drogas, forjado pela polícia, e foi condenado à 11 anos de prisão por tráfico de drogas.

Há duas semana o caso tomou as redes sociais no primeiro dia de julgamento do pedido de Habeas Corpus de Rafael, chegando a ficar em 2° lugar nos trend topics do twitter no Brasil com a #libertemRafaelBraga. O caso escancara o racismo estrutural brasileiro quando filhos de desembargadores não são nem julgados e à eles são concedidos habeas corpus, surgem malas de dinheiro de Temer e sua acusação é arquivada, e tantos outros absurdos concedidos aos ricos e empresários enquanto o povo pobre e negro é morto, preso e torturado nas mãos da polícia e do judiciário racistas.




Tópicos relacionados

Rafael Braga   /    Racismo   /    Cultura   /    Negr@s

Comentários

Comentar