Internacional

CHILE

Em Valparaíso, estudantes chamam ocupação geral de escolas e universidades de todo o Chile

Piñera busca impor uma “normalidade” a partir desta segunda-feira, deixando mais de uma semana com mortos, milhares de feridos e presos em total tal impunidade. Estudantes da agrupação Vencer de Valparaíso chamam à uma tomada nacional de instituições, porque #EstoNoHaTerminado.

segunda-feira 28 de outubro| Edição do dia

Desde a agrupação anticapitalista Vencer, rechaçam taxativamente a intenção do governo de acabar com as manifestações e por isso realizam um chamado a estudantes secundaristas e universitários para que se organize uma tomada nacional.

Foi a juventude organizada quem incendiou o pavio da rebelião popular que não deixou de ser tema atual, tanto pelas mobilizações como pela brutalidade com que tem atuado as Forças Armadas e os militares nas ruas, o que tem gerado um ódio coletivo à polícia e às forças repressoras do estado.

É por isso que a juventude deve avançar para a tomada dos seus lugares de estudo, tanto escolas quanto universidades, colocando-as à disposição das mobilizações e em repúdio à repressão por parte dos milicos e policiais, que deixam dezenas de mortos e torturados, e milhares de feridos e presos.

Hoje, desde o Vencer, dizemos: Amanhã não há aulas, Tomaço Nacional e também levantamos a exigência de uma Greve Geral e um plano de luta até que caia Piñera.




Tópicos relacionados

Retorno da luta de classes   /    Chile   /    Internacional

Comentários

Comentar