Mundo Operário

PROFESSORES NO 15M

Em Marília, 80% dos Professores pararam contra a Reforma da Previdência

quarta-feira 15 de março de 2017| Edição do dia

Em Marília temos um dia de paralisação histórico contra a Reforma da Previdência de Temer e os ataques à educação de Alckmin. São dezenas e dezenas de escolas com professores e funcionários paralisados, além da Greve das Merendeiras. Haverá um Ato unificado com demais categorias de trabalhadores às 17hs na Ilha (ao lado da Galeria Atenas).

Em Marília temos um dia de paralisação histórico contra a Reforma da Previdência de Temer e os ataques à educação de Alckmin. São dezenas e dezenas de escolas totalmente paralisadas, aliada à Greve das Merendeiras e à mobilizações em outras categorias. De acordo com a Apeoesp houve uma adesão de 80% dos professores da região de Marília. Haverá um ato unificado de professores, funcionários das escolas e demais categorias na cidade que começará às 15:30hs na Ilha (próximo à Galeria Atenas - centro).

Nós do Portal Esquerda Diário e do grupo de Oposição da Apeoesp - Professores Pela Base, apuramos uma lista das escolas onde ocorreram as paralisações mais significativas, a partir dos informes dos representantes de escolas (RE´s). É importante vermos o dia de hoje – o 15M - como um importante primeiro passo nessa luta contra a Reforma da Previdência.

Veja a lista:

EE Waldemar Moniz (integral) - 100% paralisação
EE Grabriel Monteiro (integral) -100% paralisação
EE Bairro Nova Marilia (integral) - 100% paralisação
EE Amilcare Mattei 100% (integral) paralisação
EE A. Reginato - 100% paralisação
EE Hatsue Toyota (Garça) - 100% paralisação
Unidade Prisional - 100% paralisação
EE Gabriel Monteiro (integral) - 100% paralisação
EE Amilcare - 100% paralisação
EE Lopes Ramos (Oriente) - 100% paralisação
EE Oracina Correa - 100% paralisação
EE Alcir Raineri - 100% paralisação
EE Cultura e Liberdade (Pompéia) -100% paralisação
EE Carlota - 100% paralisação
EE Abel Fragata - 100% paralisação
EE Bento de Abreu - 100% paralisação
EE Lourenço Sene - 100% paralisação
EE Zancopé 100% paralisação
EE Dirce Belluzzo 100% paralisação
EE Augusto Neto 90% paralisação
EE Antonio de Batista –98% paralisação
EE Amélia Lopes 98% paralisação
EE Amaury Pacheco - 80% paralisação
EE Monaco - cerca de 95% paralisação
EE Wanda Helena - 80% paralisação
EE Reiko - 80% paralisação
EE Rafael Paes de Barros - 90% paralisação
EE Ermelinda - 90% paralisação
EE José Alfredo - 90% paralisação
EE Nelson Cabrini - 14 Professores (período da manhã sem aula)
EE Baltazar - 27 Professores




Tópicos relacionados

15M   /    Marília   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar