Sociedade

Xenofobia

Duas casas de venezuelanos são incendiadas em Boa Vista

sexta-feira 9 de fevereiro| Edição do dia

Ontem (8) uma casa onde vivem 13 imigrantes venezuelanos foi incendiada na madrugada, uma criança de 3 anos e seus pais ficaram feridos, a criança e o pai seguem internados. Apenas três dias antes, uma outra casa foi atacada com fogo, onde vivem 31 imigrantes venezuelanos, quando uma mulher imigrantes teve queimaduras de segundo grau no rosto, pescoço e costas.

No primeiro caso, uma câmera de segurança registrou um homem ateando fogo na casa com gasolina, o que evidenciou que o incêndio foi provocado, assim como afirmam os moradores da segunda casa atacada.

Nos últimos anos, mais de 40 mil venezuelanos imigraram para Roraima, para fugir da profunda crise social que atravessa seu país. Por enquanto, três ministros golpistas estiveram no estado em visitas oficiais, Torquato Jardim, Sérgio Etchegoyen e Raul Jungmann. Estes declararam que o governo golpista propõe medidas de interiorização e que a situação dos 300 imigrantes acampados na Praça Simon Bolívar é chocante, ao passo que declaram que vão fortalecer a fronteira com a Venezuela.

A atuação dos golpistas e de figuras reacionárias como Bolsonaro legitimam ataques xenofobicos como estes. Atravessamos ao redor do mundo uma crise de imigração superior às provocadas pelas primeira e segunda guerras mundiais, com navios da morte e fronteiras estatais militarizadas, coisa que os golpistas também tem em mente aqui. Os trabalhadores não temos pátria e nós colocamos ao lado dos venezuelanos contra a xenofobia.




Tópicos relacionados

Xenofobia   /    Sociedade

Comentários

Comentar