Sociedade

OVADA

Dória é recebido com chuva de ovos e vaias em Salvador

O prefeito de São Paulo João Dória (PSDB) foi "ovacionado" em Salvador: uma verdadeira chuva de ovos e vaias aguardava o tucano na capital baiana. O prefeito, que no início do ano ficou mais famoso por apagar arbitrariamente grafites e pixações das paredes da capital paulista, se mostrou muito incomodado com a ação e acusou os manifestantes de "intolerância".

segunda-feira 7 de agosto| Edição do dia

Doria, sempre "muito bem" acompanhando, estava com o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), o tucano Antônio Imbassahy, ministro de Relações Institucionais do governo golpista de Temer. Eles se direcionavam para a Câmara de Vereadores quando foram alvo dos protestos.

Dória estava na cidade para receber o título de cidadão soteropolitano e considerou a manifestação "agressiva". É curioso que o modo como sua gestão trata moradores de rua ou dependentes químicos na cracolândia em São Paulo, retirando seus pertences e até derrubando prédios com pessoas dentro, não é considerado agressivo pelo tucano.

O protesto, bastante engraçado, conseguiu atingir um ovo na cabeça de Dória, como mostra a imagem da reportagem. Apesar de toda a reclamação do milionário, ele não teve ferimentos e apenas precisou lavar o cabelo depois do ocorrido.

Para consolar o amigo, os vereadores da base de ACM Neto receberam-no dentro da Câmara com gritos de "Dória presidente". O prefeito de São Paulo, mesmo depois de ser vaiado e tomar ovadas, agradeceu por ter sido recebido "com muito carinho".




Tópicos relacionados

João Doria   /    PSDB   /    Bahia   /    Sociedade   /    São Paulo (capital)

Comentários

Comentar