Educação

15M: BH

Dezenas de milhares em BH contra cortes e reforma da previdência

Mais de 100 mil pessoas foram às ruas de BH hoje (15).

quarta-feira 15 de maio| Edição do dia

Foto: Cristiane Mattos

A UFMG amanheceu paralisada e milhares de estudantes, trabalhadores e professores da universidade formaram um grande bloco contra os cortes de Bolsonaro à educação e contra a reforma da previdência. Os estudantes indígenas da universidade também formaram seu bloco nesse dia de luta. Os Institutos federais também reuniram pela manhã importantes blocos de estudantes que se somaram à mobilização, assim como estudantes do CEFET e da UEMG, junto a professores e trabalhadores.

Também houve paralisação na educação por toda a região metropolitana de BH reunindo dezenas de milhares de professores da rede estadual e municipal, com completa paralisação das escolas. Além dos professores, também adere à luta contra os cortes e a reforma da previdência a categoria de petroleiros que realizou um protesto na Refinaria Gabriel Passos (Regap) atrasando a entrada num ato contra a privatização e em apoio à luta contra os cortes da educação.

Estudantes, professores e trabalhadores da UEMG também se manifestaram. Houve

Durante todo o dia atualizaremos com mais informações sobre a mobilização em Belo Horizonte nesse dia que já é considerado histórico.




Tópicos relacionados

15M 2019   /    Educação   /    Belo Horizonte

Comentários

Comentar