PREFEITO DA OVADA

Depois da ovada, Dória manda adversários para Venezuela (e aliados para Miami)

terça-feira 8 de agosto| Edição do dia

Ao ser convidado para receber o prêmio de cidadão soteropolitano, em plena campanha eleitoral ilegalmente antecipada, João Dória descobriu que em Salvador o povo é acarajé, não é coxinha, como mostra o vídeo:

Dória ficou enfurecido com a chuva de ovos, e gravou um vídeo mandando seus adversários para a Venezuela, em uma das típicas manifestações "caixa de comentários do G1" do prefeito de São Paulo, como se pode ver no vídeo:

Dória se disse "revigorado" pra lutar pelo Brasil, mas a verdade é que, se pudesse, o prefeito vendia São Paulo toda para a China e se mudava direto para Miami, aonde o prefeito amiguinho de Temer usou uma offshore para comprar um apartamento como mostraram os Panamá Papers.

Mandou os manifestantes "jogar ovo em Maduro", o governo venezuelano que tem muito mais a ver com Dória do que com qualquer esquerdista "bom de mira". Afinal, não foi o mesmo Dória que mandou queimar os barracos de moradores de rua na covarde repressão à "cracolândia" em São Paulo, ou ainda mandando apagar a arte de rua para transformar SP em uma cidade ainda mais cinzenta reprimindo a liberdade de expressão?

Tanto na Venezuela quando no Brasil, a verdade é que os "esquerdistas" de verdade se posicionaram contra a direita, com independência do PT ou do governo de Maduro que reprime e prende manifestantes enquanto ataca as condições de vida do povo trabalhador. Na Venezuela, a direita organizada no MUD pressionava com "eleições" para tentar forçar um governo de coalizão com parte descontente da burocracia de Maduro (em especial as Forças Armadas) e seguir descarregando a crise nas costas dos trabalhadores venezuelanos com a mesma repressão que Maduro.

Por outro lado a direita brasileira simpatizante do MUD, incluindo Dória, luta aqui para manter o golpe parlamentar e realizar uma reforma política tão antidemocrática quanto a "farsa" de constituinte de Maduro.

Saiba mais: Qual a política para a esquerda socialista da Venezuela?




Tópicos relacionados

João Doria   /    Venezuela

Comentários

Comentar