HISTÓRIA TROTSKISMO BRASIL / IV INTERNACIONAL

Depoimento pessoal de um setentista sobre o trotskismo do seu tempo

Gilson Dantas

Brasília

quinta-feira 2 de julho| Edição do dia

Foi organizada duas semanas atrás, uma live através do canal PelaManhã.allamatina, articulado entre companheiros da Itália, Brasil e outros países [com coordenação do prof Mário Maestri], e que adotou o formato de fala seguida de debate; desenvolvi uma introdução de 15 minutos relatando a trajetória pessoal, como militante trotskista dos anos 1970.

Foi relatado, no marco do surgimento do trotskismo no pós-II Guerra Mundial no Brasil, a instalação do grupo do trotskista-posadista no Brasil, nos 1950, com a formação da IV Internacional de J Posadas em 1962 e a construção desta corrente no Brasil – a maior do trotskismo naquele momento – da qual tomei conhecimento no ano seguinte ao maio de 1968, na UnB.

O registo, ainda que parcial, dessa memória política, de um ativista dos 1970 e ex-preso político no marco do que existia de trotskismo no Brasil naquele tempo, tem utilidade para a reflexão de uma época e da sua esquerda.

No caso específico dessa corrente do trotskismo centrista, acessar a essa experiência vivida – embora no marco de um relato concentradíssimo de apenas 15 minutos - permite refletir para hoje a importância de retomar o autêntico Trotski, do Programa de Transição, da teoria da revolução permanente, e evitar erros passados.

Espero que esse relato possa ser útil, nos dias atuais, como antídoto histórico contra o revisionismo trotskista que sofreu um desvio – ironicamente em nome de Trotski – para políticas nacionais sem qualquer independência de classe, atreladas a direções políticas de massa quaisquer, de Brizola, generais nacionalistas a Lula.

Ao final, foi feita uma fala sobre o trotskismo do Esquerda Diário [MRT], que atualmente integro, publicada em outro áudio, disponível aqui.

A quem interessar, os 15 minutos de relato de uma história política pessoal constam do áudio que vem a seguir:




Tópicos relacionados

IV Internacional   /    História do Brasil   /    Trotskismo   /    Marxismo

Comentários

Comentar