UNICAMP

Depoimento de Sidney, terceirizado demitido pela Unicamp: todos ao ato

Leia depoimento de Sidney, terceirizado demitido por falar em assembleia universitária da reitoria. Todos ao ato hoje às 12h30, em frente à Funcamp!

segunda-feira 21 de outubro| Edição do dia

Olá a todos...

Eu sou o Sidney o Funcionário da Funcamp que foi demitido sexta-feira dia 18/10/2019...

É comum esse tipo de ação por parte da Funcamp e da chefia dos restaurantes, tanto Unicamp quanto Funcamp.

A minha primeira advertência veio depois que denunciei ao Seaac Campinas as mas condições de trabalho do RU.
Nessa época já era cipeiro, uma semana depois da denúncia veio a advertência por furto...

Uma acusação infundada e que mostrei os fatos mas mesmo assim a chefia me deu a advertência.

O segundo ocorrido foi por conta dos elevadores de carga do RU e do RA... Comuniquei na cipa que queria uma data para que os elevadores fossem regularizados pois já havia se passado muito tempo das denúncias de sucateamento dos elevadores e uma chefe teria sofrido uma dura retaliação por ter interditado o elevador do RA e acabou pedindo demissão.
E prometi que faria denúncia ao ministério público do trabalho se o pedido de regularização do equipamento não fosse atendido. Alguns dias depois recebi a notícia que uma peça do elevador tinha soltado no RA. Comuniquei o grupo da Cipa que eu estava me dirigindo para o RA para acompanhar esse ocorrido... cheguei lá a peça estava lá solta e a base do elevador completamente podre de ferrugem. Em seguida à gerência da Funcamp acompanhada pelo engenheiro responsável dos restaurantes chegaram... a medida tomada foi fazer uma gambiarra para que os trabalhos fossem retomados... e uma gerente me perguntou se estava tudo bem e por que eu estava ali... como o sangue não é de barata falei que tinha que interditar o elevador e ela me questionou se eu era capacitado para fazer esse tipo de avaliação técnica... perdi a cabeça e peguei o elevador pela lateral e falei que essa merda está podre...
Levei um dia de suspensão...

Na outra semana levei uma outra advertência por ter faltado numa sexta-feira por conta do ato contra os cortes da educação que participei...

E dessa vez à justa causa veio por conta da minha fala na assembleia geral da Unicamp.

Onde não foi geral pois nós terceirizados sempre somos esquecidos deixados de lado pela comunidade da universidade...

E quando a senzala ousa erguer sua voz diante dos doutores e futuros doutores somos massacrados e tirados de cena para não incentivar que outros possam se erguer. ..

Mas dessa vez vou até o fim...

Vou voltar ao meu trabalho e para isso preciso do apoio de todos...

ATO CONTRA DEMISSÕES

O Comitê em defesa dos empregos e direitos dos trabalhadores do setor de alimentação da Unicamp, junto com DCE, ADUNICAMP, STU e APG, tendo em vista a ameaça das 330 demissões que foram anunciadas, bem como a absurda demissão do trabalhador Sidney Silva, configurando evidente perseguição política e prática antisindical, por ser cipeiro e participar da assembleia unitária da Unicamp, vimos convocar todos os estudantes, trabalhadores terceirizados, professores e servidores para que se somem à luta e estejam presentes no *ato a ser realizado nesta segunda-feira, dia 21/10, às 12h30 em frente à portaria da FUNCAMP*. Faremos também plenárias nos intervalos de almoço dos terceirizados às 9h20 (lateral do bandejão), 10h no RS e 10h40 no RA.

Vamos cobrar a FUNCAMP. Não resolvendo, na terça vamos à Reitoria. Todo mundo deve levar as moções, cartas e abaixo-assinados!

Vamos para cima!
Não vamos ficar quietos! Ninguém solta a mão de ninguém!

Nenhuma família na rua! Reintegração do Sidney, já!




Tópicos relacionados

Unicamp   /    Terceirização

Comentários

Comentar