Sociedade

CORONAVÍRUS

Com aumento de 18% nas internações, Covas diz que SP não deve ter segunda onda de covid-19

Em sabatina do Estadão Bruno Covas, prefeito e candidato a reeleição em SP no segundo turno contra Guilherme Boulos (PSOL), falou que SP não deve ter segunda onda de covid-19.

sexta-feira 20 de novembro| Edição do dia

Foto: dw.com

Covas diz se basear em critérios médicos e científicos porém ignora pesquisadores que apontam que o Brasil está entrando na segunda onda do novo coronavírus. As novas internações aumentaram 18% em uma semana em São Paulo, sobre isso Covas afirma sem apresentar dados que isso se trata de pacientes que vem do interior.

A gestão da pandemia completamente desastrosa e irresponsável em SP levou a morte de 39.311 pessoas até essa sexta-feira (20). Sem garantir testes massivos para organizar uma quarentena adequada e racionalizada, a política em SP foi de flexibilização colocando os lucros à frente das vidas. Por outro lado, Covas anunciou demagogicamente que escolas públicas e privadas permanecerão fechadas para evitar o aumento de contágio.

Pode te interessar: Combater Covas e o golpismo: veja o novo vídeo de Letícia Parks




Tópicos relacionados

Crise do Coronavírus   /    Coronavírus   /    Bruno Covas   /    Sociedade   /    Economia   /    Política

Comentários

Comentar