Cultura

TEATRO

Casa Operária recebe a Trupe Lona Preta

A Casa Operária, no Rio Pequeno, São Paulo, recebeu a Trupe Lona Preta para uma troca artística entre a Cia. e o público, onde o ensaio aberto foi seguido de uma roda de debate. Foi apresentada no dia 22/6 uma sequência cênica da próxima peça, para que se abrisse o debate sobre o processo criativo. A peça que está em processo ainda tem como centro da discussão a exploração do trabalho e a luta de classes, mostrando o quanto o coletivo vem buscando sempre estar em diálogo com a conjuntura política e seus fluxos, a partir de pesquisar e desenvolver na dramaturgia e na estética novos elementos épicos.

quinta-feira 4 de julho| Edição do dia

A Casa Operária, no Rio Pequeno, São Paulo, recebeu a Trupe Lona Preta para uma troca artística entre a Cia. e o público, onde o ensaio aberto foi seguido de uma roda de debate. Foi apresentada no dia 22/6 uma sequência cênica da próxima peça, para que se abrisse o debate sobre o processo criativo. A peça que está em processo ainda tem como centro da discussão a exploração do trabalho e a luta de classes, mostrando o quanto o coletivo vem buscando sempre estar em diálogo com a conjuntura política e seus fluxos, a partir de pesquisar e desenvolver na dramaturgia e na estética novos elementos épicos.

Um pouco do histórico

A Trupe Lona Preta surgiu em 2005, a partir da experiência em saraus e intervenções artísticas organizadas na comunidade do Jd. Guarau (SP) e no seu entorno dialogando com associações de moradores da região e movimentos culturais. Tal experiência coincidiu com o desenvolvimento de uma pesquisa sobre a linguagem do palhaço, o que incentivou ainda mais a prática de colocar em cena, tanto nos saraus como nas ruas, os esquetes criados coletivamente.
Em linhas gerais, a Trupe Lona Preta mantém seu processo de pesquisa se aproximando de três pilares: a palhaçada, a música e as questões sociais.

Próximas apresentações de "O Circo Fubanguinho" (Grátis!!!)
06/07 - Sábado, 14h30 -Tendal da Lapa
13/07 - Sábado, 16h - Sesc Osasco
14/07 - Domingo, 17h30 - Festival Extrema-MG




Tópicos relacionados

Teatro   /    São Paulo (capital)   /    Cultura

Comentários

Comentar