MRT

CASA MARX LIVRARIA SP

Casa Marx Livraria é inaugurada em São Paulo com debate e samba

No mês de abril foi inaugurada a Casa Marx Livraria SP, sede do Esquerda Diário, e será um espaço para a apresentação e discussão de debates políticos, artísticos e culturais. A livraria marxista está aberta todos os dias, de segunda à sexta-feira, das 12h às 18h

quinta-feira 3 de maio| Edição do dia

O espaço é impulsionado pelo MRT - Movimento Revolucionário de Trabalhadores, pelo coletivo de negros Quilombo Vermelho, o coletivo de mulheres Pão e Rosas, a Faísca – Juventude anticapitalista e o movimento de trabalhadores Nossa Classe.

A Casa Marx, que retoma desde o nome um dos maiores revolucionários da história, tem como objetivo ser um espaço vivo de ideologia e cultura para os trabalhadores e jovens que pretendem discutir a importância do comunismo nos dias de hoje e a sua atualidade com debates semanais trazendo convidados e intelectuais. Assim como o Esquerda Diário, quer contribuir cada vez mais com ideias e iniciativas para construir uma força política de ruptura com o capitalismo, de forma que só pode ser levado adiante com uma força independente da direita, de empresários e também independente do PT. É um espaço para a expressão política dos trabalhadores, da juventude, das mulheres, dos negros, LGBTs e indígenas.

Nossa Livraria, também inaugurada em abril, conta com importantes títulos da área de ciências políticas, com obras do marxismo revolucionário das edições Iskra, Centelha Cultural e também da Boitempo.

O lançamento aconteceu no dia 20, contando com a presença de cerca 200 pessoas, entre professores, metroviários, servidores públicos, jovens trabalhadores e universitários, com uma mesa de debate sobre a atualidade do marxismo em tempos de golpe, com Iuri Tonelo (diretor da revista Ideias de Esquerda) e Fernanda Peluci (metroviária reintegrada pela luta após demissão política em 2014). Ao final, contamos com a apresentação de Fernanda Coimbra e a participação de Gunnar Vargas, trazendo no enredo canções de novos compositores e poetas da periferia paulistana, do blues ao samba, mostrando um pouco dessas criações músico-literárias.






Com eventos, palestras, cursos e uma livraria marxista, a nova sede do Esquerda Diário em SP tem o objetivo de ser um espaço para a expressão cultural, e para a discussão política frente aos desafios colocados para os trabalhadores, a juventude, as mulheres, os negros e os LGBT, contribuindo com informação pela esquerda e idéias para construir uma força política de ruptura com o capitalismo, que enfrente os golpistas e os ataques de forma independente do PT. Nosso objetivo é organizar aqueles que queiram dar sua contribuição para uma imprensa independente dos trabalhadores como o Esquerda Diário e para as lutas de todos os setores explorados e oprimidos.

No sentido de nos aproximar desses objetivos, essa sexta-feira, 4/5 à 19h, acontecerá mais uma atividade política aberta a todos na Casa Marx Livraria São Paulo, um debate entre a relação indissociável entre a máquina estatal e os interesses capitalistas baseado na visão de Vladimir Lenin em “Estado e Revolução”, com o olhar de Letícia Parks, editora do Esquerda Diário.

Confira neste link o evento do facebook e compareça:
https://www.facebook.com/events/2063992526947722/

Esperamos todos e todas para fortalecer essa ideia e essa iniciativa conosco!

Curta a página do facebook da Casa Marx Livraria SP e fique atento à nossa programação!

Confira o debate do lançamento no vídeo abaixo:




Tópicos relacionados

Casa Marx   /    MRT   /    Marxismo   /    São Paulo (capital)   /    Cultura   /    Política

Comentários

Comentar