Cultura

trump/pearl jam

Cartaz da banda de rock Pearl Jam têm Casa Branca em chamas e presidente morto.

A banda de rock estadunidense Pearl Jam lançou o pôster de sua última apresentação, dia 13/08, e causou grande repercussão pelo teor político que carregava. No cartaz a imagem é da Casa Branca, sede do governo americano, em chamas com o presidente Donald Trump sendo comido por uma águia, símbolo do país. O show integrou parte da campanha de arrecadação de fundos eleitorais do senador Jon Tester e aconteceu na Universidade de Montana.

sexta-feira 17 de agosto| Edição do dia

A banda de rock estadunidense Pearl Jam lançou o pôster de sua última apresentação, dia 13/08, e causou grande repercussão pelo teor político que carregava. No cartaz a imagem é da Casa Branca, sede do governo americano, em chamas com o presidente Donald Trump sendo comido por uma águia, símbolo do país. O show integrou parte da campanha de arrecadação de fundos eleitorais do senador Jon Tester e aconteceu na Universidade de Montana.

A banda não voltou atrás com o cartaz e manteve sua posição, o governo Trump têm sido protagonista de grandes escândalos, sobretudo quanto à imigração, suas políticas intensificam o caráter xenófobo de seu governo e recentemente saíram notícias de crianças imigrantes presas e separadas de seus pais.

No entanto a crítica da banda não é somente ao presidente americano, já é tradição os cartazes do grupo terem referência políticas da atualidade, como na passagem deles no Brasil em 2015 que denunciava os acontecimentos em Mariana (http://www.esquerdadiario.com.br/Desastre-em-Mariana-e-suas-consequencias-ambientais) e em 2018, na última vinda do grupo ao país, o cartaz fez forte alusão à intervenção federal no Rio de Janeiro com tucanos armados sob a favela. (http://esquerdadiario.com.br/Peral-Jam-divulga-cartaz-com-forte-denuncia-a-violencia-estatal-no-Rio-de-Janeiro).




Tópicos relacionados

Imperialismo   /    Donald Trump   /    Tragédia Mariana   /    Cultura

Comentários

Comentar