Sociedade

PREVIDÊNCIA SOCIAL

Cai em 1 milhão número de pessoas protegidas pela previdência

Implementação da reforma trabalhista e o desemprego aumentam em 1 milhão o número de pessoas sem direito à Previdência Social. Se já não bastassem, ainda querem nos impor a Reforma da Previdência.

terça-feira 10 de julho| Edição do dia

Um milhão de trabalhadores saíram da rede de proteção da Previdência Social nos últimos dois anos. O dado foi levantado pela Secretaria de Previdência em base aos dados da Pnad do IBGE.

O índice de cobertura caiu de 72,2% para 70,9%, ou seja, o número de desprotegidos passou de 23,118 milhões para 24,217 milhões.

Uma das principais razões é o desemprego, que por sua vez gera diminuição da arrecadação do governo. Para além do desemprego em si, a Reforma Trabalhista também contribui com essa crise, fazendo diminuir ainda mais a quantidade de brasileiros no mercado de trabalho formal sem contribuição previdenciária.

Mesmo com esse quadro já caótico os governos ainda querem seguir implementando em todos os locais de trabalho a reforma trabalhista. Os golpistas e os governos esperam as melhores condições para que nas eleições em outubro elejam algum nome que se comprometa com a implementação da reforma da previdência e fazer os trabalhadores trabalharem até morrer. É em função disso que os capitalistas decidem suas candidaturas e suas alianças: para descarregar a crise nas costas dos trabalhadores.




Tópicos relacionados

Reforma da Previdência   /    Reforma Trabalhista   /    Direitos Trabalhistas   /    crise econômica   /    Sociedade

Comentários

Comentar