Política

NEGACIONISMO DE BOLSONARO

Bolsonaro volta a comparar vírus com chuva: "vai atingir você"

Bolsonaro testou positivo para coronavírus após tanto descaso e negacionismo. A comparação com a chuva, já feita anteriormente, se junta a outras terríveis pérolas como "Gripezinha", "todos nós iremos morrer um dia", "eu não sou coveiro", "e daí?", todas elas minimizando os mortos, que já passam de 65 mil, no país.

terça-feira 7 de julho| Edição do dia

Imagem: Adriano Machado/Reuters

Agora, o próprio Jair Bolsonaro contraiu a infecção viral e, diferentemente dos mais de 65 mil mortos só aqui no Brasil, as condições e recursos para a sua recuperação serão incontáveis. Respiradores, leitos, condições materiais de isolamento, e toda a atenção médica necessária não vão faltar. Enquanto isso, a população continua contraindo o vírus, morrendo com a falta de respiradores, e sofrendo para poder sobreviver com desemprego altíssimo e sem conseguir sacar o auxílio emergencial.

Bolsonaro ainda fez questão de minimizar a pandemia e dizer que é como a chuva, que vai atingir a todos:

"O que eu posso falar para todo mundo aqui. Esse vírus é quase como, eu já dizia no passado e era muito criticado, era como uma chuva, né, vai atingir você, né? Alguns, não. Alguns tem que tomar um maior cuidado com esse fenômeno por assim dizer."

Bolsonaro não mudará sua postura ou sua política genocida frente ao coronavírus. Uma política consciente de atendimento aos interesses dos empresários em defesa da reabertura e de sacrifício dos trabalhadores que não podem desfrutar das mesmas condições de acesso a saúde que ele e os capitalistas possuem. Ainda disse que a pandemia foi super-dimensionada:

"No meu entender, houve superdimensionamento, sabemos da fatalidade do vírus para aqueles que têm certa idade, como eu, acima de 65, bem como aqueles que têm comorbidades. Isso o vírus poderia ser decisivo e levar a óbito."




Tópicos relacionados

Fora Bolsonaro, Mourão e os militares   /    Governo Bolsonaro   /    Jair Bolsonaro   /    Política

Comentários

Comentar