EXTINÇÃO DO MINISTÉRIO DO TRABALHO

Bolsonaro vai extinguir Ministério do Trabalho para acabar com leis trabalhistas

Urgente: O reacionário recém eleito presidente Jair Bolsonaro acaba de anunciar o fim do Ministério do Trabalho. Segundo o escravista, este será incorporado a outro ministério. A medida vem para descarregar ainda mais a crise sobre as costas dos trabalhadores.

quarta-feira 7 de novembro| Edição do dia

A decisão foi tomada logo após almoço com presidente do STJ (Superior Tribunal de Justiça). Bolsonaro já vinha estudando o fim do ministério como parte de arquitetar seu projeto autoritário. Após cumprir agenda no STF com o juiz golpista Sério Moro, afirmou que reduzirá ainda mais o número de ministérios de seu governo.

Esse profundo ataque é parte do plano de governo de Jair Bolsonaro que sequer começou, e vem uma semana após ter declarado a extinção do Ministério dos Direitos Humanos.

Essa medida vem para permitir ainda mais que seu plano ultra neoliberal descarregue a crise sobre as costas dos trabalhadores, aprofundando ataques já abertos pela reforma trabalhista.

Este é somente o início dos ataques, é urgente que as centrais sindicais que dirigem os principais sindicatos do país saiam imediatamente da paralisia e convoquem em cada local de trabalho e de estudo um plano de mobilização para colocar de pé uma enorme paralisação nacional que prepare as condições para uma greve geral que coloque um fim nos planos de Jair Bolsonaro e sua equipe, impedindo que a crise seja descarregada sobre as costas dos trabalhadores.




Tópicos relacionados

Governo Bolsonaro   /    Ministério do Trabalho   /    Bolsonaro

Comentários

Comentar