Educação

REORGANIZAÇÃO ESCOLAR

Ato em Marília/SP para a Zona Sul e pressiona Diretoria de Ensino

Nesta segunda-feira (26/10) em Marília/SP estudantes secundaristas saíram em manifestação pelas ruas da cidade, e fizeram ato em frente a Diretoria de Ensino da cidade em protesto contra a “reorganização” escolar do governo do Estado de São Paulo. Novo ato está sendo chamado para próxima sexta-feira dia 06/11.

terça-feira 27 de outubro de 2015| Edição do dia

A manifestação desta segunda-feira (26/10) contou com grande participação e organização dos estudantes da E.E. Sylvia Ribeira, que já haviam junto a professores realizado ato semana passada, como noticiamos aqui. O ato saiu do Sylvia Ribeiro em passeata pelas principais avenidas da Zona Sul, encontrando estudantes da E.E. José Alfredo e de algumas outras escolas da região, que conjuntamente caminharam até o centro, com destino à Diretoria de Ensino, onde já estavam estudantes da Zona Oeste vindos da E.E. Sebastião Mônaco, e também da Zona Norte da cidade. Professores da rede estadual e estudantes universitários da agrupação Juventude às Ruas também estiveram presentes no ato.

Esta manifestação se soma a um conjunto de atos que têm ocorrido por todo o estado de São Paulo contra as medidas recentes do governo, que pretende fazer uma “reorganização” separando as escolas em ciclos de Ensino Fundamental e Médio. Algumas das principais críticas se devem ao fato de que a medida acarretará no fechamento de diversas escolas, na demissão de professores, e realocação de estudantes que terão, entre outras dificuldades, que estudar em escolas muito mais distantes, provavelmente levando à evasão, e à superlotação de salas de aula. Diego Damaceno, do MRT e do Professores Pela Base, que esteve presente no ato, opinou que: “os estudantes estão apontando o caminho, é preciso que os professores estejam também cada vez mais engrossando esta luta, apesar dos limites da direção de nosso sindicato que deixa a categoria receosa em se mobilizar com medo das traições, devemos nos preocupar com o futuro de nossas escolas. Por isso nós do Professores Pela Base temos passado nas escolas buscando construir essa mobilização”.

O ato desta segunda-feira gerou repercussão na cidade, e aumenta a pressão contrária a esta “reorganização”. Buscando continuar a luta, os manifestantes já estão chamando nova manifestação para o próximo dia 06/10, que pretende “parar Marília”, também em passeata pela Zona Sul, e com destino ao centro.

Segue vídeo dos estudantes fazendo chamado para o próximo ato e fotos:




Tópicos relacionados

#Alckmin,VocêNãoFecharáNossasEscolas!   /    Marília   /    Educação   /    Marília   /    Juventude

Comentários

Comentar