Mundo Operário

FORTALEZA

Após nova negociação, termina greve de rodoviários de Fortaleza

quarta-feira 8 de julho de 2015| Edição do dia

Foto: CSP-Conlutas

Terminou no final do dia de ontem (07/07) a greve dos motoristas e cobradores de ônibus de Fortaleza. A decisão foi tomada após a assembleia da categoria acatar a proposta de acordo retirada numa mesa de negociações entre o SINTRO-CE (sindicato representante da categoria), o Sindiônibus (sindicato que representa o interesse das empresas de ônibus) e mediada pela Superintendência Regional do Trabalho e Emprego.

A categoria irá receber um aumento de 9,5% nos salários (contra os 8,3% que eram oferecidos pelas empresas), valor que permite um aumento real de 1,25% tendo em vista a inflação prevista até agora para este ano, que é de cerca de 8,3%. Além do salário, o vale-refeição passou de R$10 para R$11 e a Cesta Básica passou de R$90 para 100.

Os trabalhadores denunciaram ainda a repressão aos atos da categoria no início da manhã de terça-feira, onde a polícia militar chegou a deter um cobrador de ônibus, acusado de depredar um ônibus. Segundo declarou o diretor da CSP-Conlutas Ceará, Zé Batista: “Para nós, isso não passa de uma tentativa maldosa, covarde e desonesta por parte dos empresários de tentar manipular a sociedade e taxar os trabalhadores de criminosos. Ou seja, transformar uma luta legítima dos trabalhadores rodoviários de Fortaleza e região metropolitana em crime e em caso de polícia”. Durante a tarde de ontem os motoristas e cobradores também realizaram um ato no centro da cidade de Fortaleza e no terminal de ônibus Parangaba. Nesta quarta-feira todos voltaram ao trabalho normalmente.




Tópicos relacionados

Mundo Operário

Comentários

Comentar