Política

ELEIÇÕES 2018

Amigo do peito, ultra-corrupto Roberto Jefferson e o PTB lançam apoio à Bolsonaro

quarta-feira 10 de outubro| Edição do dia

Partido que abrigou Bolsonaro de 2003 até 2005, o PTB, apoiará Bolsonaro no segundo turno, depois de ter composto a base da candidatura de Alckmin. O PTB é mais uma das legendas de aluguel que encorpa o apoio de Bolsonaro, e cresceu na política trocando apoio por cargos no governo.

Seu líder nacional é Roberto Jefferson, deputado federal que teve os direitos políticos cassados por 8 anos, em 2005, quando foi centro das denúncias do Mensalão. Nesta época, Roberto Jefferson e Bolsonaro dividiam a mesma legenda, lado à lado, sendo deputados federais eleitos no Rio de Janeiro.

O grande parceiro de Bolsonaro, Roberto Jefferson, também brindou o país com a sua filha, a reacionária Cristiane Brasil que foi impedida de tomar posse como Ministra do Trabalho de Temer por não pagar direitos trabalhistas.

Depois disso, o substituto de Cristiane Brasil, Helton Yomura, escolhido também pelo PTB para compor os ministérios da corrupção do governo Temer, foi acusado de furtar energia.

É assim que avança o autoritarismo de Bolsonaro: ao lado dos inimigos dos trabalhadores, que transformaram o Ministério do Trabalho em um troca troca para legalizar sindicatos fantasmas, e por outro lado, a mesma turma que estava junto com Temer, acusados de corrupção e arqui-corruptos como Roberto Jefferson.

Leia Mais: Fortalecimento da extrema direita e novo xadrez eleitoral: Bolsonaro e Haddad no 2º turno




Tópicos relacionados

Bolsonaro   /    Corrupção   /    Política

Comentários

Comentar