RACISMO

Agressores de entregador negro em shopping no Rio são PMs

O jovem Matheus Fernandes, de apenas 18 anos, foi brutalmente agredido por 2 PMs que prestavam serviços de segurança terceirizado no Shopping Ilha Plaza, após tentar trocar um relógio que iria dar para o seu pai no dia de hoje.

domingo 9 de agosto| Edição do dia

Era só mais uma quinta feira normal na vida do entregador Matheus Fernandes, de 18 anos, quando este ia ao shopping Ilha Plaza para tentar trocar o relógio que tinha comprado de presente para seu pai no dia dos pais. No entanto, no nosso país fundado na escravidão e embebido em racismo, nem mesmo o direito a uma simples operação como essa é concedido à juventude negra.

Ao entrar no shopping, Matheus, mesmo mostrando a nota fiscal do produto, foi "confundido" com um ladrão pelos seguranças da loja, sendo espancado e ameaçado de morte.

Após investigação, a polícia civil constatou que os agressores eram na realidade 2 PMs que prestavam serviços de segurança terceirizado. Não é de surpreender tal notícia, visto o histórico dessa instituição oriunda do período escravocrata e responsável pela morte de milhares de negros inocentes todos os anos, inclusive crianças, "confundidos" com bandidos, enquanto essa mesma instituição tem mil e um laços com o crime organizado.

O Shopping agora mente na cara dura e diz que os seguranças não trabalham para o shopping, para tentar se livrar da responsabilidade.

Ontem foi realizado uma mobilização em frente ao Shopping, para se solidarizar com Matheus e também exigir justiça. Além disso, uma nova manifestação foi convocada para a próxima terça feira ao 12h.


Fonte: Invisíveis

Amigos e familiares também realizaram uma vakinha para comprar uma moto para o entregador, pois o mesmo está impossibilitado de trabalhar nos próximos dias.

Ver também: Por todos os Matheus, a luta dos entregadores tem que ser também antirracista




Tópicos relacionados

Racismo Policial   /    Entregadores   /    Racismo   /    Violência policial   /    [email protected]

Comentários

Comentar