Gabriela, do metrô de SP

"A sede de informação persiste e busco na pequena tela do celular me saciar"

quarta-feira 25 de março de 2015| Edição do dia

Desde que comecei a trabalhar, o pouco tempo que tenho para ler noticias é o caminho de casa para o trabalho dentro do ônibus, o horário do almoço, o caminho do trabalho pra faculdade. A televisão ligada no refeitório não informa, o jornal entregue na entrada da estação onde eu trabalho menos ainda. A sede de informação persiste e busco na pequena tela do celular me saciar; o Esquerda Diário é essa esperança de encontrar a informação pela esquerda, livre da manipulação da mídia, que serve apenas para nos alienar.




Comentários

Comentar