HISTORIA DA CLASSE TRABALHADORA NO Brasil de 1964-1981/ Parte 1 de 3 /

A classe trabalhadora e a burocracia sindical: do golpe de 64 até hoje

Gilson Dantas

Brasília

domingo 23 de dezembro de 2018| Edição do dia

No dia 21 de novembro passado, foi realizada a penúltima aula sobre a História da classe trabalhadora no Brasil, que - nesta aula - cobre o período que vai do golpe de 1964 até a eleição [fraudulenta] do Bolsonaro.

A última aula – a ser lançada, brevemente, aqui no Esquerda Diário – será sobre A origem negra da classe trabalhadora brasileira.

A organização desse minicurso foi responsabilidade do NEPPOS/Serviço Social/UnB.

Aquela aula foi dividida em três partes, de 20 a 30 minutos cada, e será divulgada no Esquerda Diário nos próximos dias. O período de 1964 a 2018 foi dividido, para efeitos didáticos e teóricos em três tópicos:

1 de 3 - O perfil da classe trabalhadora e a burocracia sindical do golpe de 64 até hoje
2 de 3 - Uma reflexão sobre o golpe eleitoral de Bolsonaro e o golpe militar de 1964
3 de 3 - A “frente democrática” do PT/Haddad hoje e o “frentepopulismo” do PCB em 1964

Hoje divulgamos o primeiro deles, de 33 minutos, que procura explorar questões como as seguintes:

porque a classe trabalhadora não vai desaparecer, não perde sua centralidade estratégica, por mais que setores da esquerda defendam essa tese? Qual a mudança no perfil do proletariado no Brasil desde a ditadura militar de 64? A burocracia sindical foi enfraquecida ou se fortaleceu nesse período? A CUT é burocracia sindical? Por que? Que fazer diante disso, desse obstáculo à política independente da classe trabalhadora?

Qual o sonho da burguesia em relação ao movimento sindical e por que Vargas foi um avanço desse sonho? Como se desenvolveu o movimento operário durante a ditadura militar? Por que o lulo-petismo foi apenas uma de suas correntes? E por que o lulo-petismo já nasceu com base em uma estratégia burocrática, de conciliação de classe, apesar de seu perfil combativo etc? Por que Lula precisou sabotar as comissões de fábrica de SP?

Para os que se interessem por temas dessa ordem, o vídeo abaixo [de 29 minutos] traz um pouco desse debate. Com continuação em mais duas notas a seguir no Esquerda Diário.




Tópicos relacionados

DF - Brasília   /    História do Brasil   /    Movimento Operário   /    Ditadura militar   /    História

Comentários

Comentar