Política

15M - CAXIAS DO SUL

15M: Trabalhadores da VISATE decidem por greve a partir de segunda feira

Em assembléia hoje pela manhã, trabalhadores e trabalhadoras do transporte público de Caxias do Sul decidiram paralisar suas atividades por tempo indeterminado. O impasse colocado pelos patrões da VISATE é que estão em crise e não podem aumentar os salários sem repassar essa conta para os usuários, aumentando o valor da passagem.

quarta-feira 15 de março| Edição do dia

Entretanto, a empresa faturou pelo menos R$ 108.511.146,43 em 2016. Isso é lucro, mais valia. Declarados ao Jornal Pioneiro em 14/12/2016. Além da Fundação VISATE que é sustentada com dinheiro dos funcionários e controlada pelo patrão, pois o diretor administrativo da empresa é presidente da fundação.

Os trabalhadores da VISATE exigem 15% de aumento, pois há anos a empresa diz que repassa a inflação, mas, a realidade é que o salário dica defasado. Esses 15% não tem que ser despejados na conta do usuário que precisa do transporte todos os dias para trabalhar e estudar. Essa conta deve ser descontada do lucro estrondoso da VISATE, pois seus proprietários não deixariam de ser milionários, mesmo que dobrassem o salário dos funcionários. Já o usuário e o trabalhador da VISATE contam cada centavo do seu salário para sobreviver, manter os filhos na escola e ter um mínimo lazer.

O patrão não trabalha só lucra, podemos ainda lutar por uma empresa pública administrada por usuários e trabalhares. #queopatraopagueaconta! O Esquerda Diário se coloca a disposição dessa luta operária sem ilusões com a burocracia sindical e nem com a prefeitura ou os patrões.




Tópicos relacionados

15M   /    Caxias do Sul   /    Caxias do Sul   /    Política   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar