Política

SÃO PAULO

11 imagens que explicam a treta Diana X Dória

sexta-feira 27 de janeiro de 2017| Edição do dia

1- Nesta semana, o almofadinha do Dória foi para cima dos grafites e pichações em São Paulo.

2- E, fantasiado de trabalhador, destruiu o maior mural de grafite da América Latina.

3- Diana Assunção, trabalhadora da USP e ex-candidata a vereadora do MRT pelo PSOL, indignada, gravou um vídeo contra a cidade cinza do Dória.

4- O vídeo viralizou, com cerca de 800 mil visualizações, alcançando mais de 2 milhões de pessoas.

5- Mas é claro que os bolsominions e seguidores de Dória foram na página da Diana destilar seu ódio.

6- Ódio esse que veio acompanhado de várias ameaças misóginas.

7- E muita propaganda política.

8- Mas Diana não se intimidou, denunciou, chegou a mais um milhão de pessoas e encontrou força nas milhares de mulheres que se levantam no mundo todo.

9 - E teve muita gente saindo em defesa da Diana, como as feministas Luciana Boiteux, vice do Freixo no Rio, Junéia Martins Batista da CUT, Isa Pena, Silvia Ferraro do MAIS, os vereadores Talíria Petrone e Toninho Vespoli do do PSOL, o deputado Carlos Gianazzi, além dezenas de jovens que fizeram vídeos e milhares de mensagens de apoio.


E olha que não pára de chegar novos apoios...

10. Hoje Doria tentou intimidar e prendeu o grafiteiro Mauro Neri...


Mauro foi liberado, e a revolta contra o cinza segue.

11- Mostrando que é bom a direita se preparar, porque vamos nos organizar em cada lugar de trabalho, estudo, em cada evento cultural, para resistir e derrotá-los.




Tópicos relacionados

#FORÇADIANA   /    João Doria   /    Diana Assunção #UmaVozAnticapitalista   /    Política   /    Juventude

Comentários

Comentar